Tecnologia inovadora, com o potencial de qualificar o dano na haste capilar.


O envelhecimento capilar é um termo recente, resultante de diversos danos aos quais o cabelo é submetido ao longo dos anos. Até o ato de pentear o cabelo provoca um estresse mecânico. Todos esses danos conectam-se ao envelhecimento intrínseco ou natural dos fios e contribuem para que o cabelo fique quebradiço, com diâmetro do fio menor, menos denso e espesso, sem brilho, mais fraco, áspero e desidratado.


Alguns desses prejuízos são diários. Muitos agentes externos danosos são agressivos e convertem os aminoácidos presentes no cabelo em seus respectivos derivados, resultando em uma significativa perda proteica. Se, com frequência, efetuarmos secagens, processos químicos, estilização e exposição ao sol, os danos causados não poderão ser reparados naturalmente. Sendo que cabelo necessita de um tratamento específico para cada tipo de dano.


Como funciona a nossa análise do dano proteico dos fios?

Para a avaliação, contamos com o equipamento Hair Analyzer, um ultrassom de alta precisão, desenvolvido após mais de sete anos de pesquisa em conjunto com o Hair Analyzer Protein Index, tecnologia que possibilita a medição da perda proteica capilar e qualifica a intensidade do dano da haste capilar. O protocolo HAPI fornece a combinação exata de reagentes que medem o grau de degradação das proteínas, através de uma escala colorimétrica. Quanto maior a degradação das proteínas liberadas, mais intensa será a cor do resultado do teste. Já para o tratamento, contamos com a linha de Sérum Capilar HAPI, blend exclusivo de ativos personalizados, 100% vegano, dermatologicamente testado e hipoalergênico que age de acordo com o dano proteico. Quando o dano é Moderado ou Intenso, é aplicado na clínica ou pelo próprio paciente em casa, quando o dano é Leve.

Como resultado temos o aumento da resistência dos fios, com controle do volume e do frizz.


Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco que iremos te ajudar!